A importância da representatividade jovem nos espaços de discussão sobre o futuro do planeta

Em artigo para o ICLEI América do Sul, intitulado “A importância da representatividade jovem nos espaços de discussão sobre o futuro do planeta”, as pesquisadoras da CIPÓ Luísa Falcão e Gabrielle Alves tratam sobre o Dia Internacional da Juventude e a sobre a participação de jovens nos espaços e debates sobre planejamento, decisão, execução e avaliação de políticas em diferentes esferas, especialmente nas que se referem aos temas de meio ambiente e mudanças climáticas.

O texto também aborda o Acordo de Escazú, primeiro tratado ambiental vinculante da América Latina e do Caribe que promove a governança climática por meio da construção de ambientes de tomada de decisão participativos, inclusivos e seguros. O Acordo pode ser um dos mecanismos mais importantes de defesa dos jovens que atuam no ativismo climático, por incentivar ferramentas de dados abertos e promover a ampliação de consultas públicas em temas ambientais, elementos essenciais para o engajamento colaborativo, informado e seguro.

Plataforma CIPÓhttps://plataformacipo.org/
A Plataforma CIPÓ é um instituto de pesquisa independente liderado por mulheres e dedicado a questões de clima, governança e paz na América Latina e no Caribe e no resto do Sul Global.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor, insira aqui o seu nome

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img

Sigam-nos nas Redes Sociais

Últimos Posts