Workshop de revisão do Índice Global de Crime Organizado para especialistas sul-americanos

Em março de 2021, a CIPÓ participou de um workshop de revisão do Índice Global de Crime Organizado para especialistas sul-americanos, realizado pela Iniciativa Global Contra o Crime Organizado Transnacional (GIATOC). Juntamente com outros especialistas da região, a CIPÓ revisou e comentou os perfis dos países sul-americanos na nova edição do Índice Global de Crime Organizado. O objetivo do Índice é chamar a atenção para as crescentes ameaças representadas pelo crime organizado; orientar os legisladores e formuladores de políticas públicas; e apoiar as organizações regionais em suas respostas.

A CIPÓ aproveitou seu conhecimento e pesquisa sobre crimes ambientais, tais como invasões ilegais de terras, incêndios florestais causados ​​por ação humana, extração ilegal de madeira e mineração e garimpo ilegal para fornecer subsídios para a análise.

O Índice avalia a difusão dos mercados criminosos, a dinâmica dos atores criminosos, bem como a eficácia de cada país no estabelecimento de mecanismos e respostas necessárias para garantir uma resistência robusta ao crime organizado, incluídos os crimes ambientais. O Índice de Crime Organizado é uma ferramenta analítica com três pilares: o escopo, a escala e o impacto de mercados ilícitos específicos; a estrutura e influência dos atores criminosos; e a extensão e capacidade das medidas de resiliência dos países contra o crime organizado. Essas três medidas são usadas para atribuir a cada país uma pontuação de criminalidade e também uma pontuação de resiliência.

A segunda edição do Índice, que será publicado em setembro de 2021, tem como base a primeira edição e fornecerá uma visão geral do estado do crime organizado em 2020 em 194 países ao redor do mundo.

Plataforma CIPÓ
Plataforma CIPÓhttps://plataformacipo.org/
A Plataforma CIPÓ é um instituto de pesquisa independente liderado por mulheres e dedicado a questões de clima, governança e paz na América Latina e no Caribe e no resto do Sul Global.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor, insira aqui o seu nome

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img

Sigam-nos nas Redes Sociais

Últimos Posts