Fechando a lacuna de governança em clima, segurança e construção da paz

Enquanto a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora seu 75º aniversário, marcando a ocasião em meio à pior pandemia em um século, a pergunta “o que vem a seguir?” está sendo colocada com mais frequência. Respostas estão sendo solicitadas ao redor do planeta.

O Secretariado da ONU, os Estados membros, a sociedade civil e o setor privado lançaram uma série de debates em torno das mudanças que precisam ocorrer no sistema de governança global para torná-lo mais “adequado ao seu propósito”. Em outras palavras, que medidas tornariam o sistema das Nações Unidas mais capaz de enfrentar (e, em alguns casos, até mesmo antecipar) grandes desafios com eficácia? Esses incluem não apenas os problemas persistentes das últimas décadas, tais como as acentuadas desigualdades socioeconômicas, a destruição ambiental acelerada e a proliferação de armas nucleares, mas também os desafios emergentes, tais como os impactos da automação e da Inteligência Artificial (IA) no trabalho e questões de privacidade associadas às novas tecnologias.

Alguns dos maiores desafios, perpassando todas essas áreas, estão relacionados às mudanças climáticas.

Plataforma CIPÓhttps://plataformacipo.org/
A Plataforma CIPÓ é um instituto de pesquisa independente liderado por mulheres e dedicado a questões de clima, governança e paz na América Latina e no Caribe e no resto do Sul Global.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor, insira aqui o seu nome

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img

Sigam-nos nas Redes Sociais

Últimos Posts